DIAGNÓSTICO DE DESEMPENHO ESCOLAR

ALGUMAS PERCEPÇÕES SOBRE O SEU USO COMO FERRAMENTA DE AVALIAÇÃO PSICOPEDAGÓGICA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.24979/ambiente.v13i2.826

Palavras-chave:

Aprendizagem, Diagnóstico, Transtornos de Aprendizagem, Desempenho Escolar

Resumo

A avaliação das funções psíquicas é um campo da neuropsicologia capaz de diagnosticar e intervir em diferentes transtornos mentais. Neste estudo aponta-se a necessidade de avaliar o uso do Teste de Desempenho Escolar (TDE) na etapa diagnóstica de Transtornos de Aprendizagem. O TDE é um instrumento de aplicação individual capaz de avaliar o desempenho escolar na leitura, escrita e aritmética, do Ensino Fundamental. Para este fim, quatro estudantes regularmente matriculados no 6º ano do Ensino Fundamental de uma escola pública do município de Alto Alegre-RR, sendo dois do sexo masculino e dois do sexo feminino, sem diagnóstico prévio de nenhum tipo de Transtorno Mental, foram submetidos ao teste e seus resultados foram analisados à luz da teoria socioconstrutivista, no primeiro semestre de 2017. Os resultados da pesquisa buscaram responder se a ferramenta é capaz de auxiliar no diagnóstico de Transtornos de Aprendizagem. Essa pesquisa qualitativa caracterizou-se como descritiva e participante. A coleta dos dados ocorreu mediante a aplicação do Teste de Desempenho Escolar e da observação sistemática. Os resultados encontrados sugerem que esta ferramenta seria melhor aproveitada pelos profissionais da educação especial no próprio ambiente escolar, mediante orientação prévia de um profissional de psicologia educacional, uma vez que a mesma não costuma ser usada por professores de outras áreas. O TDE é o único teste validado e normatizado para a população brasileira atualmente, e deve ser visto como um instrumento que compõem de forma valorativa a práxis do professor.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Verônica Soares Santos, Secretaria de Educação do Estado de Roraima

Possui graduação em Pedagogia pela Universidade Estadual da Paraíba (2000). Especialista em Tecnologias em Educação pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. Atua como professora no Centro de Atendimento Especializado/CAE/BV da Secretaria de Educação do Estado de Roraima e como Técnica pedagógica assessorando professores e acompanhando alunos com deficiência visual da rede municipal na Secretaria Municipal de Boa Vista. Mestranda em Ensino de Ciências pela Universidade Estadual de Roraima.

Marilene Kreutz de Oliveira, Universidade Estadual de Roraima/UERR

Possui graduação em Licenciatura PEDAGOGIA pela Universidade Federal de Roraima (2000). Pós Graduação em Educação de Jovens e Adultos pela Universidade Federal de Roraima (2006). Mestrado em Ensino de Ciências pela Universidade Estadual de Roraima. Faz parte dos grupos de pesquisa na UFRR (Paulo Freire e Educação de Adultos) e da UERR (NUPECEM), é professora da ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR GERALDO DA SILVA PINTO e trabalha na Secretaria Municipal de educação do Município de Alto Alegre. Coordenadora da Feira de Ciências do Município de Alto Alegre/RR, Membro fundadora e presidente da Associação de Ciência, Educação e Cultura de Rpraima - ACEC/RR/

Referências

CAMPOS, D.M. de S. Psicologia da Aprendizagem. 41 ed. Petrópolis: Vozes, 2014.

CAPELLINI, Simone Aparecida; TONELOTTO, Josiane Maria de Freitas; CIASCA, Sylvia Maria. Medidas de Desempenho Escolar: avaliação formal e opinião de professores. Rev. Estudos de Psicologia, PUC-Campinas, v. 21, n. 2, p. 79-90, maio/agosto, 2004.

CAPOVILLA, Alessandra Gotuzo Seabra; GUTSCHOW, Claudia Regina Danelon; CAPOVILLA, Fernando César. Habilidades cognitivas que predizem competência de leitura e escrita. Psicologia: Teoria e Prática, v.6, n.2, p. 13-26, 2004.

BRASIL. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Censo da Educação Básica 2019: Resumo Técnico. Brasília, 2020.

CONSELHO FEDERAL DE PSICOLOGIA (CFP) . Resolução Nº 18, de 5 De Setembro De 2019. Disponível em:< http://www.in.gov.br/web/dou/-/resolucao-n-18-de-5-de-setembro-de-2019-216322849> Acesso em 08 de Janeiro de 2020.

CONSELHO FEDERAL DE PSICOLOGIA (CFP). Resolução Nº 9, de 25 De Abril De 2018. Disponível em:< https://site.cfp.org.br/wp-content/uploads/2018/04/Resolu%C3%A7%C3%A3o-CFP-n%C2%BA-09-2018-com-anexo.pdf> Acesso em: 08 de Janeiro de 2020.

CONSELHO FEDERAL DE PSICOLOGIA (CFP). Cartilha Sobre Avaliação Psicológica. Junho de 2007. Disponivel em:< https://site.cfp.org.br/wp-content/uploads/2013/05/Cartilha-Avalia%C3%A7%C3%A3o-Psicol%C3%B3gica.pdf> Acesso em: 08 de Janeiro de 2020.

CIA, Fabiana; PAMPLIN, Renata Cristhian de Oliveira; WILLIAMS, Lúcia Cavalcanti de Albuquerque. O Impacto Do Envolvimento Parental No Desempenho Acadêmico De Crianças Escolares. Psicologia em Estudo, Maringá, v. 13, n. 2, p. 351-360, abr./jun. 2008.

CUNHA, Vera Lúcia Orlandi; CAPELLINI, Simone Aparecida. Habilidades Metalinguísticas No Processo De Alfabetização De Escolares Com Transtornos De Aprendizagem. Rev. Psicopedagogia, v.28 n.85, p.85-96, 2011.

GHEDIN, E. (Org.). O Ensino de Ciências e suas epistemologias. Boa Vista: Editora da UFRR, 2017.

LIMA, Melina. Desempenho Em Leitura De Crianças De 4º Ano Do Ensino Fundamental: fatores neuropsicológicos e ambientais. Dissertação de Mestrado do Programa de Pós-Graduação em Psicologia. Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Junho, 2016.

LIMA ATHAYDE, Marcia. et al. Evidências de validade do subteste de leitura do teste de desempenho escolar Psicologia: Teoria e Prática. Universidade Presbiteriana Mackenzie São Paulo, Brasil. v. 16, n. 2, p. 131-140, mayo-agosto, 2014.

FLETCHER, Jack M.; LYONS, G. Reid; FUCHS, Lynn S.; Barnes, Marcia A. Transtornos de Aprendizagem: da identificação À intervenção. (Trad.) Ronaldo Cataldo Costa. Porto Alegre: Artmed, 2009.

FUNAYAMA, Carolina Araújo (Org.). Problemas de Aprendizagem: enfoque multidisciplinar. 2.ed. Campinas, SP: Editora Alínea, 2008.

KNIJNIK, L. F.; GIACOMONI, C. H.; ZANON, C.; STEIN, L. M. Avaliação dos Subtestes de Leitura e Escrita do Teste de Desempenho Escolar através da Teoria de Resposta ao Item. Psicologia: Refl exão e Crítica, v.27, n.3, p. 481-490, 2014.

KNIJNIK, Luiza Feijó; GIACOMONI, Claudia; STEIN, Lilian Milnitsky. Teste de Desempenho Escolar: um estudo de levantamento. Psico-USF, Bragança Paulista, v. 18, n. 3, p. 407-416, set/dez, 2013.

KNIJNIK, Luiza Feijó. et al. Avaliação dos Subtestes de Leitura e Escrita do Teste de Desempenho Escolar através da Teoria de Resposta ao Item. Psicologia: Rflexão e Crítica, v. 27, n. 3, p.481-490, 2013.

LÚCIO, P. S., PINHEIRO, A. M. V.; NASCIMENTO, E. O impacto da mudança no critério de acerto na distribuição dos escores do subteste de leitura do Teste de Desempenho Escolar. Psicologia em Estudo, Maringá, v.14, n.3, p. 593-601, 2009.

LURIA, A.R. Higher Cortical Functions in Man. 2.ed. New York: Basic Books, 1980.

PARENTE, Maria Alice de Mattos Pimenta; et al. Evidências Do Papel Da Escolaridade Na Organização Cerebral. Revista Neuropsicologia Latinoamericana, Sociedad Latinoamericana de Neuropsicología Québec, Canadá, vol. 1, n. 1, p. 72-80, 2009.

PAULA, Giovana Romero; et al. Neuropsicologia da Aprendizagem. Rev Psicopedagogia, v. 23, n.72, p.224-31, 2006.

PRODANOV, Cleber Cristiano. Metodologia do trabalho científico [recurso eletrônico] : métodos e técnicas da pesquisa e do trabalho acadêmico / Cleber Cristiano Prodanov, Ernani Cesar de Freitas. – 2. ed. – Novo Hamburgo: Feevale, 2013.

ROTTA, Newra Tellechea; OHLWEILER, Lygia; RIESGO, Rudimar dos Santos. Transtornos da Aprendizagem: abordagem neurobiológica e Multidisciplinar. 2. ed. – Porto Alegre: Artmed, 2016.

ROTTA, Newra Tellechea; PEDROSO, F. S. Transtornos da linguagem escrita dislexia. In N. T. Rotta, L. Ohlweiler & R. S. Riesgo (Orgs.). Transtornos da aprendizagem – abordagem neurobiológica e multidisciplinar,). Porto Alegre: Artmed, p. 151 164, 2006.

SILVA LÚCIO, Patrícia; VIEIRA PINHEIRO, Ângela Maria. Novos Estudos Psicométricos para o Subteste de Leitura do Teste de Desempenho Escolar. Temas em Psicologia, Sociedade Brasileira de Psicologia Ribeirão Preto, Brasil, v. 22, n. 1, abril, p. 109-119, 2014.

SILVA, Cláudia Da; CAPELLINI, Simone Aparecida. Desempenho de escolares com e sem transtorno de aprendizagem em leitura, escrita, consciência fonológica, velocidade de processamento e memória de trabalho fonológica. Revista Psicopedagogia. Associacao Brasileira de Psicopedagogia, v. 30, n. 91, p. 3-11, 2013. Disponível em: <http://hdl.handle.net/11449/117869>.

SIQUEIRA, Aline Cardoso; DELL’AGLIO, Débora Dalbosco. Crianças e Adolescentes Institucionalizados: Desempenho Escolar, Satisfação de Vida e Rede de Apoio Social. Psicologia: Teoria e Pesquisa, v. 26 n. 3, p. 407-415, Jul-Set, 2010.

STEIN, L.M. TDE: Teste de Desempenho Escolar: manual para aplicação e interpretação. São Paulo: Casa do Psicólogo, 2016.

VYGOTSKY, Liev Semionovich. Pensamento e linguagem. São Paulo: Martins Fontes, 1989. A formação social da mente: o desenvolvimento dos processos psicológicos superiores. 6 ed. – São Paulo: Martins Fontes, 1998.

ZORZI, Jaime Luiz; CIASCA, Sylvia Maria. Caracterização dos Erros Ortográficos em Crianças com Transtornos de Aprendizagem. Rev CEFAC, São Paulo, v.10, n.3, p. 321-331, jul-set, 2008.

ZORZI, Jaime Luiz. Alterações ortográficas nos transtornos de aprendizagem. In Maluf, M.I. (org.). Aprendizagem: tramas do conhecimento, do saber e da subjetividade. Rio de Janeiro: Vozes; São Paulo: ABPp, 2006, 144-162.

Downloads

Publicado

2020-10-13

Como Citar

PEREIRA, J. K. C.; SANTOS, V. S.; OLIVEIRA, J. C. de C.; OLIVEIRA, M. K. de. DIAGNÓSTICO DE DESEMPENHO ESCOLAR: ALGUMAS PERCEPÇÕES SOBRE O SEU USO COMO FERRAMENTA DE AVALIAÇÃO PSICOPEDAGÓGICA. Ambiente: Gestão e Desenvolvimento, [S. l.], v. 13, n. 2, p. 91-105, 2020. DOI: 10.24979/ambiente.v13i2.826. Disponível em: https://periodicos.uerr.edu.br/index.php/ambiente/article/view/826. Acesso em: 28 out. 2020.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)