Atividades lúdicas com o conteúdo energia para o sexto ano do Ensino Fundamental de uma escola pública de Boa Vista - Roraima, com aporte na teoria de Ausubel

Autores

  • Josimara Cristina de Carvalho Oliveira Universidade Estadual de Roraima/UERR
  • Jucicléia Gomes Ribeiro Neto Escola Nova Canaã, Boa Vista-RR

DOI:

https://doi.org/10.24979/cy0hhx07

Palavras-chave:

Teoria da Aprendizagem Significativa, Lúdico, Ensino de Ciências, Ensino Fundamental II, Energia

Resumo

Essa pesquisa utilizou principalmente o processo de assimilação da Teoria da Aprendizagem Significativa de David Ausubel, e pretendeu responder de que maneira o uso de materiais potencialmente significativos, na parte de energia em aulas de Ciências, pode favorecer indícios de aprendizagem significativa para os estudantes. Os procedimentos metodológicos envolveram a pesquisa aplicada, descritiva, qualitativa, participante, colaborativa. Os instrumentos de coleta de dados foram a observação, atividades de lápis e papel, construção de jogos com materiais alternativos, questionário diagnóstico, entrevista semi-estruturada com a professora da sala campo, registro em diário de campo e fotográfico. Foi desenvolvida uma sequência didática utilizando elementos essenciais para o desenvolvimento da intervenção, que foram: a identificação dos subsunçores, o uso dos organizadores prévios, material potencialmente significativo, a diferenciação progressiva e a reconciliação integradora, bem como os tipos de aprendizagem. Os resultados indicaram indícios de aprendizagem significativa, participação ativa dos estudantes nas atividades e no relato de suas experiências e observações do cotidiano.

Palavras-Chave: Teoria da Aprendizagem Significativa. Lúdico. Ensino de Ciências. Ensino Fundamental II. Energia.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Biografia do Autor

  • Josimara Cristina de Carvalho Oliveira, Universidade Estadual de Roraima/UERR

    Bacharel em Química (1991), licenciada em Química (1994), mestre em Química (1995) e doutora em Química (2000) pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - UNESP - Araraquara/SP. Área de concentração: Ensino de Química; Ensino de Ciências; Ciências dos Materiais; Educação Ambiental. Palavras-Chave: Ensino de Química; Cerâmica Ferrelétrica; Ciências da Natureza. Conhecimento das técnicas de TG; DTA; Dilatometria; DRX; MET; MEV; IV. Atualmente é professora da Universidade Estadual de Roraima - UERR Campus Rorainópolis, onde desenvolve pesquisas na área de Ensino de Química, Ensino de Ciências e Educação Ambiental. Atua como professora do Mestrado Profissional em Ensino de Ciências da Universidade Estadual de Roraima - Campus Boa Vista. Possui projetos de extensão voltados para a educação ambiental, divulgação científica, metodologias de ensino, materiais alternativos e espaços não formais.

Referências

AUSUBEL, D. Aquisição e retenção de conhecimentos: Uma perspectiva cognitiva. 1ª edição. Editora Pantano, 2003.

AUSUBEL, D. P., NOVAK, J. D., HANESIAN, H. Psicologia educacional. Tradução Eva Nick. Rio de Janeiro: Interamericana, 1980.

AZEVEDO, P. J. S. Uma análise dos efeitos da crise econômico-financeira sobre as políticas de incentivo às energias renováveis. [Dissertação] Universidade do Porto, 2013.

BERMANN, C. Crise ambiental e as energias renováveis. Cienc. Cult. vol.60 no.3 São Paulo Sept. 2008

BORTONI-RICARDO, S. M. O professor pesquisador: introdução à pesquisa qualitativa. 2. ed. São Paulo: Parábola, 2011.

BRASIL. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros curriculares nacionais: Ciências. Secretaria de Educação Fundamental. – Brasília: MEC/SEF, 1998.

CUNHA, N. Brinquedo, desafio e descoberta. Rio de Janeiro: FAE. 1988.

FIGUEIREDO, A. M. R. de. e GHEDIN, E. A Teoria da Aprendizagem Significativa de David Ausubel. In: Teorias Psicológicas e suas Implicações à Educação em Ciências. Organizador: Evandro Ghedin e Alessandra Peternella. Boa Vista: Editora da UFRR, 2016.

FREIRE, P. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1996.

GALDINO, M. A. E. et al. O Contexto das Energias Renováveis no Brasil. Revista da DIRENG, pp.17-25, Nov. 2000.

GARCIA, L.; NASCIMENTO, P. O jogo didático no ensino de ciências: uma análise do jogo “descobrindo o corpo humano”. In: XI Encontro Nacional de pesquisa em educação em ciências– XIENPEC,11,2017 - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

GOMES, R. R.; FRIEDRICH, M. A Contribuição dos jogos didáticos na aprendizagem de conteúdos de Ciências e Biologia. In: EREBIO,1, Rio de Janeiro, 2001, Anais..., Rio de Janeiro, 2001, p.389-92.

GRITTI, Â. M. S.; VIEIRA, A. P. Jogos didáticos no ensino de ciências do 6º ano. Cadernos PDE, v.1. 2014

KISHIMOTO, T. M. Jogo, brinquedo, brincadeira e a educação. Cortez, São Paulo, 1996

KISHIMOTO, T. M. (org.). O Brincar e suas Teorias. São Paulo: Pioneira, 1998

KISHIMOTO, M. T. Jogos, Brinquedos e a Educação (Org). 14. Ed- São Paulo: Cortez, 2011

KOBASHIGAWA, A. H.; ATHAYDE, B. A. C.; MATOS, K. F. de OLIVEIRA; CAMELO, M. H.;FALCONI, S. Estação ciência: formação de educadores para o ensino de ciências nas séries iniciais do ensino fundamental. In: IV Seminário Nacional ABC na Educação Científica. São Paulo, 2008. p. 212-217. Disponível em: . Acesso em: 05 jun. de 2018.

KNECHTEL, C. M., & BRANCALHÃO, R. M. C. Estratégias lúdicas no ensino de ciências. Secretaria de Estado de educação do Paraná.2008.

LIMA, E. C. et al. Uso de jogos lúdicos como auxílio para o ensino de química. Revista Eletrônica Educação em Foco, v. 3, 2011.

LOPES, M. da G. Jogos na Educação: criar, fazer e jogar. 4º Edição revista, São Paulo: Cortez, 2001.

MENDOZA, H. J. G; DELGADO, O. T.; ASSUNÇÃO, J. A de.; MAGALHÃES, A. P. C de.; RIZZATTI, I. M. Processo de Assimilação na Aquisição e Retenção de significados segundo a Teoria da Aprendizagem Significativa. In: Teorias Psicológicas e suas Implicações à Educação em Ciências. Organizador: Evandro Ghedin e Alessandra Peternella. Boa Vista: Editora da UFRR, 2016.

MOREIRA, M. A. Teorias de aprendizagem. 2. Ed. Ampl. São Paulo: EPU. 2011.

MOREIRA, M. A. Aprendizagem Significativa: a teoria de David Ausubel. São Paulo: Centauro, 2001.

MOREIRA, M. A. Aprendizagem significativa, organizadores prévios, mapas conceituais, diagramas V e unidades de ensino potencialmente significativas. Material de apoio para o curso Aprendizagem Significativa no Ensino Superior: Teorias e Estratégias Facilitadoras. PUCPR, 2012, 2013.

MOVIMENTO PELA BASE NACIONAL COMUM 2017. Disponível em:<

http://movimentopelabase.org.br/>. Acesso em 12 de novembro de 2019.

OLIVEIRA, M. M. Sequência Didática Interativa no processo de formação de professores. Petrópolis, RJ: Vozes. 2013. ISBN 978-85-326-4472-5.

PEREIRA, R. F. Desenvolvendo jogos educativos para o ensino de Física: um material didático alternativo de apoio ao binômio ensino-aprendizagem. 2008. Dissertação (Mestrado). Mestrado em Educação para a Ciência e o Ensino de Matemática, Universidade Estadual de Maringá.

PIAGET, J. A psicologia da criança. 17ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1989.

PIAGET, J. A formação do símbolo na criança. Rio de Janeiro: Zahar, 1975.

PRODANOV, C. C.; FREITAS, E. C. Metodologia do Trabalho Científico [recurso eletrônico]: Métodos e Técnicas da Pesquisa e do Trabalho Científico. 2ª ed. Novo Hamburgo-RS: Feevale. 2013, 277 p.)

RODRIGUES, L. D. Jogos e brincadeiras como ferramentas no processo de aprendizagem lúdica na alfabetização. 2013. Dissertação (Mestrado). Mestrado em Educação, Faculdade de Educação da Universidade de Brasília.

SOUZA, A. M. M de. A Mediação Como Princípio Educacional. Senac, São Paulo, 2004.

WILSON, M. A energia. Rio de Janeiro: José Olympio, 1968. 200p.

ZABALA, A. A prática educativa: como ensinar. Porto Alegre: Artmed, 1998.

Downloads

Publicado

11/10/2023

Edição

Seção

Ciências Exatas e Agrárias

Categorias

Como Citar

Atividades lúdicas com o conteúdo energia para o sexto ano do Ensino Fundamental de uma escola pública de Boa Vista - Roraima, com aporte na teoria de Ausubel. Ambiente: Gestão e Desenvolvimento, [S. l.], v. 16, n. 2, p. 33–48, 2023. DOI: 10.24979/cy0hhx07. Disponível em: https://periodicos.uerr.edu.br/index.php/ambiente/article/view/1065.. Acesso em: 24 jun. 2024.

Artigos Semelhantes

1-10 de 340

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)