Um panorama da política de educação para estudantes na área rural

Autores

  • Vinícius da Silveira Magalhães Universidade Federal do Tocantins/UFT
  • Suyene Monteiro da Rocha Universidade Federal do Tocantins/UFT https://orcid.org/0000-0001-6818-2013

DOI:

https://doi.org/10.24979/ambiente.v15i3.1088

Palavras-chave:

Políticas públicas, Historiografia normativa, Educação, Zona rural

Resumo

Este artigo procurou analisar as políticas públicas para estudantes na área rural e os caminhos construídos por essa ao longo dos anos e observar em certo nível os seus efeitos. Dessa forma, buscou-se de forma, qualitativamente, aspectos históricos quanto a formação de tais políticas públicas, a fundamentação principiológica e seus desafios para o alcance da melhoria das condições de aprendizagem dos alunos da zona rural. Trata-se de uma pesquisa qualitativa e que adota de acordo com seus objetivos a abordagem descritiva, com uso das técnicas de pesquisa bibliográfica e documental. O resultado desse estudo evidencia a necessidade desse  buscar a estruturação  planos, projetos e/ou ações que sejam capazes de trazer uma maior  efetivação das políticas públicas voltadas para a educação no campo, uma vez que, apesar das conquistas alcançadas até hoje, se pode perceber certa discrepância entre o que é oferecido aos estudantes da zona urbana em detrimento do fornecido aos alunos que residem e estudam na zona rural.

Palavras-chave: Políticas públicas. Historiografia normativa. Educação. Zona rural.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Biografia do Autor

  • Vinícius da Silveira Magalhães, Universidade Federal do Tocantins/UFT

    Aluno do 8º período de Direito na Universidade Federal do Tocantins, Campus Palmas.

  • Suyene Monteiro da Rocha, Universidade Federal do Tocantins/UFT

    Doutora em Biodiversidade e Biotecnologia - BIONORTE/UFAM. Mestre em Ciências do Ambiente - UFT. Professora Adjunta no curso de Direito da Universidade Federal do Tocantins. Professora Permanente do PPG em Administração Pública - PROFIAP/TO. Coordenadora do grupo de pesquisa CNPq: Políticas Públicas Ambientais e Sustentabilidade. Coordenadora do grupo de extensão: Direitos, Meio Ambiente e Sociedade.

Referências

ARROYO, Miguel Gonzalez; CALDART, Roseli Salete; MOLINA, Mônica Castagma (Orgs.). Por uma educação do campo. Petrópolis, Rio de Janeiro: Vozes, 2011.

BARROS, Glenda. UFT oferta vagas para o curso de Educação do Campo. Universidade Fede-ral do Tocantins, 2022. Disponível em: < https://ww2.uft.edu.br/index.php/ultimas-noticias/30957-uft-oferta-vagas-para-o-curso-de-educacao-do-campo>. Acesso em: 05 de julho de 2022.

BEZERRA NETO, L. (2003). Avanços e retrocessos na educação rural no Brasil. 2003. 233f. Tese (Doutorado em Educação). Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Estadual de Campinas.

BEZERRA NETO, Luiz. Educação do campo ou educação no campo? Revista HISTEDBR On-line, Campinas, n. 38, p. 150-168, jun./2010. Disponível em: <http://www.histedbr.fae.unicamp.br/revista/edicoes/38/index.html>. Acesso em: 06 jun. 2022.

BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília, DF: Centro Gráfico, 1988. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicaocompilado.htm>. Acesso em: 06 jun. 2022.

BRASIL. Decreto 7352 de 04 de novembro de 2010. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/docman/marco-2012-pdf/10199-8-decreto-7352-de4-denovembro-de-2010/file. Acesso em: 02 junho. 2022.

BRASIL. Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra). Programa Nacional de Educação na Reforma Agrária (Pronera): manual de operações. Brasília, 2004. Disponível em: http://www.incra.gov.br/portal/arquivos/projetos_programas/0127102302.pdf. Acesso em 01 de novembro de 2021.

BRASIL. MEC. Programa Nacional de Educação do Campo: PRONACAMPO. Brasília/ DF: MEC, Março de 2012. Disponível em: http://www.consed.org.br/images/phocadownloads/pronacampo.pdf. Acesso em 20 de novembro de 2021.

CALDART, Roseli Salete. A escola do campo em movimento. In: SANTOS, Clarice Aparecida dos. (Org.). Por uma educação do campo. Rio de Janeiro: Vozes, 2011

CALDART, Roseli Salete. Por uma educação do campo: traços de uma identidade em construção. In: KOLLING, E. J.; CERIOLI, P. R.; CALDART, R. S. (Orgs.). Educação do Campo: identidade e políticas públicas. Brasília, DF: Articulação Nacional Por uma Educação do Campo, Coleção Por Uma Educação do Campo, nº 4, 2002. p. 25-36

FREITAS, Helena. Educação do Campo. Disponível em: <https://www.slideshare.net/wanessad/historico-educao-do-campo-presentation> Acesso em 29 Mai. 2022

KOLLING, Edgar Jorge; CERIOLI, Paulo Ricardo; CALDART, Roseli Salete (Orgs.). Educação do campo: identidade e políticas públicas. Brasília/DF: Articulação Nacional por uma Educação do Campo, 2002. Disponível em: http://www.forumeja.org.br/ec/files/Vol%204%20Educa%C3%A7%C3%A3o%20B%C3%A1 sica%20do%20Campo.pdfAcesso em: 15 de outubro de 2021.

LEITE JÚNIOR, Alcides Domingues. Desenvolvimento e mudanças no estado brasileiro. Florianópolis: Departamento de Ciências da Administração/ UFSC; [Brasília]: CAPES: UAB, 2009. 90p. il. Disponível em: https://educapes.capes.gov.br/bitstream/capes/145391/1/PNAP%20-%20Modulo%20Basico% 20-%20GP%20-%20Desenv%20Mudancas%20Estado%20Brasileiro.pdf Acesso em: 10 de outubro de 2021

MENEZES, E. Kant e a idéia de educação das luzes. Educação e Filosofia, v14, nº 27/28.Uberlândia, 2000.

MUSIAL, G. B. (2012). A distribuição da população e do escolarizar no território: elementos para a compreensão da emergência da escola rural em Minas Gerais (1892-1899). Educação em Perspectiva, Viçosa, 3(1), 32-52, jan./jun.

ROSA, Daniela Souza da; CAETANO, Maria Raquel. Da educação rural à educação do campo: uma trajetória...seus desafios e suas perspectivas. Disponível em:http://www.portaltrilhas.org.br/download/biblioteca/da-educacao-rural-a-educacao-docampo.pdf. Acesso em: 06 jun. 2022.

SANTOS, Marilene. Educação do Campo no Plano Nacional de Educação: tensões entre a garantia e a negação do direito à educação. Ensaio: Avaliação e Políticas Públicas em Educação [online]. 2018, v. 26, n. 98 [Acessado 5 Julho 2022] , pp. 185-212. Disponível em: <https://doi.org/10.1590/S0104-40362018002600965>. ISSN 1809-4465. https://doi.org/10.1590/S0104-40362018002600965.

SANTOS, Pablo Silva Machado Bispo dos. Guia prático da política educacional no Brasil: ações, planos, programas e impactos. 2. Ed. Ver. E ampl. – São Paulo: Cengage Learning, 2016.

SILVA, Maria Ozanira da Silva e; YAZBEK, Maria Carmelita; Giovanni Geraldo. 6ª ed. A Política Social Brasileira no Século XXI: a prevalência dos programas de transferência de renda. São Paulo: Cortez, 2012.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS . Educação no campo, licenciatura- Arrais. Disponível em < https://ww2.uft.edu.br/index.php/ensino/149-ensino/cursos-de-graduacao/16834-educacao-do-campo-licenciatura-arraias> Acesso em 05 jun.2022

UNIVERSIDADE DA FRONTEIRA DO SUL. Graduação em Licenciatura em Educação do Campo (Ciências Sociais e Humanas - Interdisciplinar) do Campus Laranjeiras do Sul (CCCSHLS)

Disponível em < https://www.uffs.edu.br/pastas-ocultas/bd/campus-laranjeiras-do-sul/cursos/licenciatura-em-educacao-do-campo-ciencias-sociais-e-humanas-interdisciplinar/cccshls> Acesso em 05 jun.2022

VAITSMAN, Jeni; RIBEIRO, José M.; LOBATO, Lenaura. Policy analysis in Brazil: the state of the art. In: VAITSMAN, Jeni; RIBEIRO, José M.; LOBATO, Lenaura (Ed.). Policy analysis in Brazil. Bristol: Policy Press at University of Bristol, 2013b. p. 1-12. Disponível em: https://www.scielo.br/j/rap/a/tYDC3xqzZK33gpY3vfZ7jpG/?lang=pt Acesso em: 23 de outubro de 2021.

VEIGA, C. G. (2007). História da Educação. São Paulo: Ática.

Downloads

Publicado

14/02/2023

Como Citar

Um panorama da política de educação para estudantes na área rural. Ambiente: Gestão e Desenvolvimento, [S. l.], v. 15, n. 3, p. 19–28, 2023. DOI: 10.24979/ambiente.v15i3.1088. Disponível em: https://periodicos.uerr.edu.br/index.php/ambiente/article/view/1088.. Acesso em: 20 abr. 2024.

Artigos Semelhantes

1-10 de 164

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)