ORDEM DOS CONSTITUINTES SINTÁTICOS NA LÍNGUA YE’KWANA

UM ESTUDO PRELIMINAR DA LITERATURA

Autores

  • Lucas da Silva de Sá do Nascimento Universidade Estadual de Roraima/UERR
  • Luiz Fernando Ferreira Universidade Estadual de Roraima/UERR

DOI:

https://doi.org/10.24979/180rds84

Palavras-chave:

Ye’kwana, ordem de constituintes, línguas karib

Resumo

Nosso objetivo é apresentar uma pesquisa em andamento sobre a ordem de constituintes na língua Ye’kwana (CARIBE, ISO-639-3). Ordem de constituintes de uma língua é a ordem básica na qual os elementos aparecem na sentença. Tal ordem pode ser definida de acordo com a função sintática (i.e. Sujeito e Objeto) ou pela função semântica (i.e. Agente e Paciente). O Wapichana, por exemplo, é uma língua cujas sentenças básicas possuem a ordem sujeito, verbo e objeto, ou seja, é uma língua SVO e essa ordem leva em conta a função sintática dos elementos (SANTOS, 2006). Em relação à ordem de constituintes na língua Ye’kwana, há descrições conflitantes na literatura. Chavier (2008) descreve que a ordem de constituintes é PVA (i.e. paciente, verbo e agente), Cáceres (2011) assume que é AVP e, por fim, Hall (1988) assume que a ordem é SOV. O que isso mostra é que não há um consenso entre as pesquisas sobre a ordem básica de constituintes nessa língua e não deixam claro se essa ordem se guia por funções sintáticas ou semânticas. Sendo assim, o levantamento feito no âmbito desta pesquisa mostra uma lacuna, sendo necessário mais pesquisas sobre a ordem de constituintes sintáticos na língua Ye’kwana de modo a esclarecer: (i) qual a ordem básica de constituintes; e; (ii) se essa ordem é estabelecida a partir das funções sintáticas ou semânticas. O próximo passo desta pesquisa será a verificação da ordem em textos disponibilizados na língua e a criação de uma elicitação por meio de questionário para coleta de dados com falantes nativos.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Referências

BOSSAGLIA, Giulia. Linguística Comparada e Tipologia. São Paulo: Parábola, 2019.

CÁCERES, Natalia. Grammaire fonctionnelle-typologique du ye’kwana: Langue caribe du Venezuela. 2011. 464p. Tese de doutorado – Faculté de Langue, Lettres et Sciences du Language, Université Lumière Lyon 2, 2011.

CAMPOS, Ciro (org.) Diversidade socioambiental de Roraima: subsídios para debater o futuro sustentável da região. São Paulo: Instituto Socioambiental, 2011.

CHAVIER, Mariela. Aspectos tipológicos y culturales en la morfosintaxis del Ye’kwana. Thèse de doctorat, Mérida: Universidad de Los Andes, 2008.

http://platon.serbi.ula.ve/librum/librum_ula/ver.php?ndoc=270643.

COSTA, Isabella Coutinho. Adeekwe Ye'kwana: eu falo Ye'kwana. Aspectos da fonologia, morfologia e sintaxe de uma língua da família Karíb. Revista Eletrônica Ambiente: Gestão e Desenvolvimento, v. 5, p. 62-80, 2013. Disponível em: <https://periodicos.uerr.edu.br/index.php/ambiente/article/view/212> Acessado em: 25/09/2022.

GREENBERG, Joseph. Some Universals of Grammar with Particular Reference to the Order of meaningful elements. IN: Joseph H. Greenberg (ed.). 1963. Universals of Language. London: MIT Press, pp. 73-113.

HALL, Katherine L. The Morphosyntax of Discourse in De’kwana Carib. 1988. 428p. Dissertação – Saint Louis: Washington University, 1988.

ISA. Povos Indígenas no Brasil: Ye’kwana. 2022. Disponível em: https://pib.socioambiental.org/pt/Povo:Ye'kwana. Acesso em: 23 de setembro de 2022.

MEIRA, Sérgio; FRANCHETO, Bruna. The Southern Cariban Languages and the Cariban Family. International Journal fof American Linguístics, 71 (2), 127-192.

PACHECO, Frantomé. (2016). A posição do verbo independente nas línguas Karíb: questões diacrônicas e tipológicas. Estudos Linguísticos, 40(1), 304–315. Disponível em: https://revistas.gel.org.br/estudos-linguisticos/article/view/1397

RODRIGUES, Aryon. 1986. Línguas brasileiras: para o conhecimento das línguas indígenas. São Paulo: Loyola.

SANTOS, Josué; COSTA, Isabella Coutinho. Ye’kwana. Em: Povos Indígenas de Roraima. Acesso em: 12 de maio de 2023. Disponível em: https://povosindigenasrr.uerr.edu.br/yekwana

SANTOS, Manoel Gomes dos Santos. Uma gramática do Wapichana (Aruák) – Aspectos da Fonologia, da Morfologia e da Sintaxe. Tese de Doutorado. Campinas, 2006.

Downloads

Publicado

15/08/2023

Como Citar

ORDEM DOS CONSTITUINTES SINTÁTICOS NA LÍNGUA YE’KWANA: UM ESTUDO PRELIMINAR DA LITERATURA. Ambiente: Gestão e Desenvolvimento, [S. l.], 2023. DOI: 10.24979/180rds84. Disponível em: https://periodicos.uerr.edu.br/index.php/ambiente/article/view/1266.. Acesso em: 24 jun. 2024.

Artigos Semelhantes

1-10 de 310

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.