Letramento acadêmico e formação de professores/pesquisadores na área de Letras

Autores

DOI:

https://doi.org/10.24979/ambiente.v14i3.1053

Palavras-chave:

Letramento acadêmico, Professor Pesquisador, Reflexão, Curso de Letras

Resumo

Considerando a necessidade de uma formação voltada para a pesquisa e para a reflexão sobre a prática, em sentido dialético, destacamos a importância do letramento acadêmico na vida universitária e profissional dos docentes. No entanto, esse letramento ainda representa uma dificuldade para os estudantes do curso de Letras da Universidade Estadual de Roraima. Nesse sentido, nosso objetivo é debater acerca dos desafios de proporcionar o letramento acadêmico necessário para que os estudantes de letras possam desenvolver habilidades de professor pesquisador e reflexivo. Partimos de uma revisão literária referente ao letramento acadêmico e lançamos mão da pesquisa qualitativa interpretativista, por meio da análise do projeto político pedagógico do curso, levantando algumas indagações importantes nesse contexto: quais as principais dificuldades da formação do professor pesquisador? Como o letramento acadêmico pode contribuir para a formação do professor pesquisador? Ainda nessa linha de pensamento, questionamos: que tipo de letramento verdadeiramente queremos dentro do nosso curso? Os resultados sugerem a construção de significados situados na prática social do letramento acadêmico, levando em consideração as lacunas deixadas pela educação básica. Embora o currículo do curso em questão já tenha sido atualizado em prol de uma formação mais consistente na área da pesquisa, com inclusão de disciplinas específicas como Estágio com Pesquisa, defendemos que ainda falta um maior envolvimento por parte do corpo docente para identificar-se como professor formador que deve orientar as pesquisas em todas as etapas: o que escrever, como escrever e para quem escrever, sempre de uma forma reflexiva.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fernanda Sousa Lima, Universidade Estadual de Roraima/UERR

Mestre em Letras (UFRR). Professora do curso de Letras da UERR. Professora da Educação Básica (SEED/RR)

Cora Gonzalo, Universidade Estadual de Roraima/UERR

Mestre em Letras (UFRR). Professora da Universidade Estadual de Roraima

Referências

ANTUNES, I. Aula de Português: encontro e interação. São Paulo: Parábola Editorial, 2003.

BALTAR, M. A. R.; CERUTTI-RIZZATTI, M. E.; ZANDOMENEGO, D. Leitura e produção textual acadêmica I. Florianópolis: LLV/CCE/UFSC, 2011.

BORTONI-RICARDO, S. M. O professor pesquisador: introdução à pesquisa qualitativa. São Paulo: Parábola Editorial, 2008.

CALVO, L. C. S.; FREITAS, M. A. Currículo e formação docente inicial no dizer de formadores de um curso de Letras: ênfases, lacunas e consequências. In: SILVA, K. A. et al. (Orgs). A formação de professores: novos olhares- vol 1. Campinas, SP: Pontes Editora, 2011.

FREIRE, P. Pedagogia da Autonomia. 25 ed. São Paulo: Editora Paz e Terra, 2002.

FERNANDES, D. F. C;. SANTOS, M. A. P.; BURIN, A. C. H. A questão do letramento na universidade: algumas reflexões e desafios Revista de Ciências Gerenciais, Vol. XII, Nº. 15, 2008, p. 75-84.

GHEDIN, E. Estágio com pesquisa na formação inicial de professores. São Paulo, 2010. Relatório Final de pesquisa do Programa de Pós-doutorado da Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo.

HALL, S. A identidade cultural na pós-modernidade. 11 ed. Rio de Janeiro: DP & A, 2011.

REIS, V. S.; SOL. V. S. A; CARVALHO, F. P.; GONÇALVES, I. L.; FERREIRA, L. P. M.; (Re)construindo saberes, fazeres e parcerias para a sala de aula de língua estrangeira. In: FINARDI, K. R.; SCHERRE, M. M; TESCH, L. M; CARVALHO, H. M. A. Diversidade de fazeres em torno da linguagem: universidades, faculdades e educação básica em ação. Campinas, SP: Pontes, 2019.

ROJO, R. Letramentos múltiplos, escola e inclusão social. São Paulo: Parábola Editorial, 2009.

SOARES, M. Letramento: um tema em três gêneros. 2. ed. Belo Horizonte: Autêntica, 1998. p. 63-82.

SOUZA, E, B, C. M.; RODRIGUES, J. N. Tendências da produção científica brasileira na área de Letras sobre letramento acadêmico na formação de professores. Scripta, 24(50), 257-281. Disponível em: http://periodicos.pucminas.br/index.php/scripta/article/view/23804 . Acesso em: março 2021.

SOUZA, M. G. BASSETO, M. T. Os processos de apropriação de gêneros acadêmicos (escritos) por graduandos em letras e as possíveis implicações para a formação de professores/pesquisadores. RBLA, Belo Horizonte, v. 14, n. 1, p. 83-110, 2014. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/rbla/v14n1/aop3113.pdf Acesso em: março 2021

STREET, B.V. Letramentos sociais: abordagens críticas do letramento no desenvolvimento, na etnografia e na educação. Tradução de Marcos Bagno. São Paulo: Parábola editorial, 2014.

UERR. Projeto do curso de licenciatura em letras com habilitação em língua portuguesa e literatura. Resolução nº 011 de 10 de maio de 2018. Disponível em: https://www.uerr.edu.br/wp-content/uploads/2018/10/pcc-letras.pdf . Acesso em: 02 nov. 2021.

UERR. Projeto do curso de licenciatura em letras com habilitação em língua portuguesa e literatura. Resolução Nº 5/2021. Disponível em: https://www.uerr.edu.br/wp-content/uploads/2021/08/PROJETO-LETRAS-enviada-ao-Conselho.pdf. Acesso em: 02 nov. 2021

Downloads

Publicado

12/03/2022

Como Citar

LIMA, F. S.; ZAMBRANO, C. E. G. Letramento acadêmico e formação de professores/pesquisadores na área de Letras. Ambiente: Gestão e Desenvolvimento, [S. l.], v. 14, n. 3, p. 29–36, 2022. DOI: 10.24979/ambiente.v14i3.1053. Disponível em: https://periodicos.uerr.edu.br/index.php/ambiente/article/view/1053. Acesso em: 1 jul. 2022.