A ÍNDIA E A CORRUPÇÃO: DA INDEPENDÊNCIA AOS DIAS ATUAIS

Autores

  • Sérgio Mateus Universidade Estadual de Roraima
  • Carlos Silva Universidade Estadual de Roraima/UERR

DOI:

https://doi.org/10.24979/bolmirr.v14i01.995

Palavras-chave:

Índia - Corrupção - Partidos políticos

Resumo

A economia da Índia, depois da independência até os anos 80, era fundamentalmente de base socialista, marcada por extenso protecionismo regulatório, baseado na propriedade pública, que contribuiu para o aumento a corrupção e impondo-lhe um lento desenvolvimento generalizado. A partir de 1991, novos arranjos permitindo uma maior liberalização econômica, dada a redução da burocracia e a presença de uma economia de mercado, levando o país a consideráveis taxas de crescimento. Como a corrupção afeta principalmente economias emergentes, a Índia destaca-se pelo fato de a corrupção ser parte de relações promíscuas entre Estado e partidos políticos, como seu combate passa por necessárias reformas do Estado. Sendo um dos países com vastíssimos territórios, população e considerável fonte mão-de-obra, que se somam a abundantes fontes de recursos naturais, o que coloca o país como um dos mais importantes mercados consumidores do mundo. O objetivo deste artigo é um exame preliminar sobre a corrupção e seu combate nesse país, detentor de um dos mais excelentes resultados mercadológicos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carlos Silva , Universidade Estadual de Roraima/UERR

Possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP - (1992), mestrado em Antropologia Social pela Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP - (1994), doutorado em Ciências Sociais pela Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP - (2006) e pós-doutorado em Saúde Pública pela Universidade de São Paulo -USP e pelo ISCTE - Instituto Universitário de Lisboa - IUL, Portugal, em 2011 e 2012. Atualmente é professor da Universidade Estadual de Roraima - UERR, da Faculdade Cathedral de Ensino Superio e pesquisador antropólogo no Instituto de Amparo à Ciência, Tecnologia e Inovação - IACTI -, em Roraima. Tem experiência na área de Antropologia, com ênfase em Antropologia Urbana , Populações Afro-Brasileiras, Antropologia das terapêuticas de cura sóciomágica e estudos sobre violência.

Downloads

Publicado

07/13/2021

Como Citar

MATEUS, S. .; SILVA , C. . A ÍNDIA E A CORRUPÇÃO: DA INDEPENDÊNCIA AOS DIAS ATUAIS. Boletim do Museu Integrado de Roraima (Online), Brasil, v. 14, n. 01, p. 62–69, 2021. DOI: 10.24979/bolmirr.v14i01.995. Disponível em: https://periodicos.uerr.edu.br/index.php/bolmirr/article/view/995. Acesso em: 27 out. 2021.