Mocambo

A comunidade, a escola e os desafios da educação do campo

Autores

DOI:

https://doi.org/10.24979/ambiente.v1i1.976

Palavras-chave:

Mocambo, Educação do Campo, Narrativa, Resistência

Resumo

O objetivo deste texto é o de apresentar um relato de experiência sobre as representações dos saberes tradicionais em escolas do campo. A atividade vincula-se ao projeto de pesquisa Saberes Quilombolas no Litoral Paraense, vinculado ao TEPUY: grupo de estudos e pesquisas sobre fronteiras e narrativas de resistência em sociedades amazônicas (UERR) e foi desenvolvido no ano de 2019 na comunidade rural Mocambo, Bragança/PA. O aporte metodológico funda-se na etnografia. O referencial teórico e atende aos elementos interdisciplinares, com autores como: Arroyo (2009), Freire (1989, 1996), Molina (2011) e Caldart (2004) entre outros e outras. A dinâmica das observações nos faz concluir que a educação do campo, precisamente as salas multisseriadas, atuam enquanto territórios de acolhimento e socialização; bem como, fortalecem a permanência da identidade de luta camponesa.

Palavras-Chave: Mocambo; Educação do Campo; Narrativa; Resistência

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Huarley Mateus do Vale Monteiro, Universidade Estadual de Roraima/UERR

Possui graduação em Letras pela Universidade Federal do Pará (1999), graduação em Pedagogia pela UNINOVE-FAC de São Roque/SP (2013) e graduando em Direito. Tem mestrado em Educação pela Universidade de Sorocaba-UNISO/SP (2013). É Doutor em Estudos Literários pela Universidade Federal do Pará (PPGL/UFPA-2019). Pertence ao quadro de professores efetivos da Universidade Estadual de Roraima-UERR atuando nos cursos de Graduação. Possui experiência na área de Letras, com ênfase em narrativas de resistência produzidas nos séculos XX e XXI. Desenvolve pesquisa a partir das seguintes temáticas: narrativa de resistência, cotidiano, educabilidade, memória, fronteira, corpo..É pesquisador do NARRARES-PPGL/UFPA e Lider do Grupo de Pesquisa TEPUY./UERR.

Referências

AMORA, Soares. Minidicionário Soares Amora da Língua Portuguesa. São Paulo: Saraiva, 1999.

BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular. Brasília, 2018

CRISTO, Ana Cláudia Peixoto de. Educação rural Ribeirinha Marajoara: Desafios no contexto das escolas multisseriada. In: Educação do campo na Amazônia. Belém: Gráfica e Editora Gutemberg Ltda, 2005.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: Saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1996. -(Coleção Leitura)

FREIRE, Paulo. A importância do ato de ler: em três artigos que se completam. São Paulo. Editora Cortez, 1989 (Coleção Primeiros Passos, 4)

LDB – Leis de Diretrizes e Bases. Lei nº 9.394. 1996.

MOLINA, Monica Castagna. Avanços e desafios na construção da educação do campo. In: Em aberto. Vol. 24, n. 85. Brasília. Abril de 2011.

MOURA, Terciana Vidal. A Pedagogia das classes multisseriadas: Um olhar sobre a prática pedagógica dos as professores as da roça do município de Amargosa Ba. In: Educação e Ruralidade. Salvador: EDUFBA, 2012.

CALDART, Roseli Salete. Pedagogia do Movimento sem Terra. São Paulo: Expressão Popular, 2004.

ARROYO, Miguel Gonzalez, CALDARTE, Roseli Salete, MOLINA, Mônica Castagna (organizadores). Por uma educação do campo. 4. Ed.- Petrópolis, RJ: Vozes, 2009.

Downloads

Publicado

22/09/2021

Como Citar

MONTEIRO, H. M. do V.; SILVA, T. C. e. Mocambo: A comunidade, a escola e os desafios da educação do campo. Ambiente: Gestão e Desenvolvimento, [S. l.], v. 1, n. 1, p. 5–12, 2021. DOI: 10.24979/ambiente.v1i1.976. Disponível em: https://periodicos.uerr.edu.br/index.php/ambiente/article/view/976. Acesso em: 17 ago. 2022.