QUANTIFICAÇÃO DE ÁREAS QUEIMADAS EM PASTAGENS E ROÇAS DO PAD ANAUÁ NA ESTAÇÃO SECA DE 2014-2015

Autores

  • Yan Tavares de Sousa Universidade Estadual de Roraima/UERR
  • Paulo Eduardo Barni Universidade Estadual de Roraima/UERR

DOI:

https://doi.org/10.24979/249

Palavras-chave:

Fogo, Biomassa, Mapeamento, Projetos de assentamento, Desmatamento

Resumo

O fogo é a principal ferramenta utilizada por fazendeiros e agricultores para a remoção da biomassa residual em áreas perturbadas por desmatamento ou corte raso. O objetivo do estudo foi quantificar as áreas queimadas no Projeto de Assentamento Dirigido – PAD Anauá no período seco da região (novembro/14 a abril/15), fazendo o mapeamento diretamente em imagens  Landsat 8 e comparando com dados de Focos de Calor. Foram analisadas 29% das estradas vicinais do PAD Anauá. As estradas mais atingidas por queimadas foram as vicinais 32 (159,3 ha) e 22 (446,1 ha). O agravamento da seca pela persistência do fenômeno El Niño nesta região induziu o aumento da área atingida (+288,9%).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2016-09-05

Como Citar

SOUSA, Y. T. de; BARNI, P. E. QUANTIFICAÇÃO DE ÁREAS QUEIMADAS EM PASTAGENS E ROÇAS DO PAD ANAUÁ NA ESTAÇÃO SECA DE 2014-2015. Ambiente: Gestão e Desenvolvimento, [S. l.], v. 8, n. 2, p. 115–121, 2016. DOI: 10.24979/249. Disponível em: https://periodicos.uerr.edu.br/index.php/ambiente/article/view/249. Acesso em: 24 jun. 2021.