VIVÊNCIAS AGROECOLÓGICAS PROMOVIDAS PELO PROJETO DE EXTENSÃO “EDUCAÇÃO PARA TRANSFORMAÇÃO”

Autores

  • Márcia Gilmara Marian VIEIRA Universidade do Vale do Itajaí
  • Oscar Benigno IZA Universidade do Vale do Itajaí
  • Claudia Silva Ribeiro ALVES Universidade do Vale do Itajaí
  • Camila KORZ Universidade do Vale do Itajaí
  • Gabriela Iohana GOETTEN Universidade do Vale do Itajaí

DOI:

https://doi.org/10.24979/157

Resumo

O Projeto de Extensão “Educação para Transformação” se insere dentro da empresa Distribuidora Muller Comércio e Representações LTDA (D´Muller) no município de Itajaí, Santa Catarina, com o intuito de alcançar a sustentabilidade social e ambiental, contribuindo para atingir os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável propostos pelo plano de ação da Organização das Nações Unidas (ONU), que almejam viabilizar a prosperidade ao planeta. O Projeto de Extensão Educação para Transformação tem como objetivo promover educação popular em saúde, meio ambiente, e relações de gênero para o desenvolvimento social e econômico, estimulando a participação cidadã como estratégia de mudança e autonomia. A metodologia baseou-se em uma proposta pedagógica na perspectiva de Paulo Freire do Círculo de Cultura, o que possibilitou a vivência dos saberes agroecológicos a partir de oficinas de formação. Os resultados obtidos no decorrer desse período de integração ao projeto, com a implementação da agricultura sustentável e reaproveitamento dos resíduos, a empresa conseguiu atingir a recuperação do solo e produção sustentável de alimentos para os seus funcionários e gestores, bem como a saúde e o bem-estar através da criação da horta orgânica e proporcionar a igualdade de gênero e produção responsável.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2018-12-07

Como Citar

VIEIRA, M. G. M.; IZA, O. B.; ALVES, C. S. R.; KORZ, C.; GOETTEN, G. I. VIVÊNCIAS AGROECOLÓGICAS PROMOVIDAS PELO PROJETO DE EXTENSÃO “EDUCAÇÃO PARA TRANSFORMAÇÃO”. Ambiente: Gestão e Desenvolvimento, [S. l.], v. 11, n. 01, p. 150–166, 2018. DOI: 10.24979/157. Disponível em: https://periodicos.uerr.edu.br/index.php/ambiente/article/view/157. Acesso em: 24 jun. 2021.