DIÓGENES DE SINOPE E O PENSAMENTO RELIGIOSO

Autores

DOI:

https://doi.org/10.24979/39

Resumo

Este artigo pretende apresentar a crítica de Diógenes de Sinope em face aos costumes religiosos. A partir dessa perspectiva é possível retirar importantes lições de filosofia, sobretudo no campo da moralidade. A religião tornou-se um subproduto do Estado, subordinado a ele, perdendo qualquer interesse pela verdade. Conforme a visão cínica, os mitos e ritos gregos seriam insuficientes para tornar o homem bom, somente uma vida dedicada à virtude poderia trazer os autênticos benefícios espirituais, e esta é justamente a meta do cinismo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2016-12-02

Como Citar

DIAS, R. P. F. DIÓGENES DE SINOPE E O PENSAMENTO RELIGIOSO. Ambiente: Gestão e Desenvolvimento, [S. l.], v. 9, n. 2, 2016. DOI: 10.24979/39. Disponível em: https://periodicos.uerr.edu.br/index.php/ambiente/article/view/39. Acesso em: 16 jun. 2021.

Edição

Seção

Dossiês - Estudos Filosóficos da EAF