INCIDÊNCIA DE Aedes albopictus NA VILA JUNDIÁ DE RORAINÓPOLIS AO SUL DO ESTADO DE RORAIMA

Autores

  • Eveline W. da Silva Oliveira Universidade Estadual de Roraima/UERR
  • João Araújo de Vasconcelos Universidade Estadual de Roraima/UERR
  • Tatiane Marie M. Gomes Castro Universidade Estadual de Roraima/UERR

DOI:

https://doi.org/10.24979/242

Palavras-chave:

Saúde pública, Doenças endêmicas, Vetor, Ovitrampas

Resumo

As doenças endêmicas tornaram-se um problema de saúde pública, sendo fundamental a pesquisa vetorial para prevenção da transmissão de vírus, o Aedes albopictus é uma espécie  perigosa que pode transmitir doenças como a Febre Amarela, a Dengue entre outras. O objetivo deste trabalho foi determinar a incidência desta espécie na Vila do Jundiá, município de  Rorainópolis-RR, e incentivar a realização de ações de controle e prevenção de doenças transmitidas por este vetor. Foram instaladas 20 armadilhas de ovitrampas em imóveis na Vila do  Jundiá. Total de 641 ovos de oito armadilhas foi coletado. Destes ovos, 53% eclodiram, os quais foram positivas para a espécie A. albopictus. A presença de A. albopictus é um alerta para a  necessidade de planos e ações específicas, sendo relevantes as campanhas educacionais para a população, e o empenho da secretaria de saúde e infraestrutura em ações voltadas à prevenção e o controle do vetor em prol da saúde pública.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2016-09-05

Como Citar

OLIVEIRA, E. W. da S.; VASCONCELOS, J. A. de; CASTRO, T. M. M. G. INCIDÊNCIA DE Aedes albopictus NA VILA JUNDIÁ DE RORAINÓPOLIS AO SUL DO ESTADO DE RORAIMA. Ambiente: Gestão e Desenvolvimento, [S. l.], v. 8, n. 2, p. 73–78, 2016. DOI: 10.24979/242. Disponível em: https://periodicos.uerr.edu.br/index.php/ambiente/article/view/242. Acesso em: 24 jun. 2021.