A RELAÇÃO ENTRE PBF E IFDM EM DOIS COREDE’s DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL NOS ANOS DE 2013 A 2016

  • Katiane Fréu Universidade Estadual do Rio Grande do Sul/UERGS
  • Claudia Cristina Wesendonck Universidade Estadual do Rio Grande do Sul/UERGS
  • Lorimar Francisco Munaretto Universidade Federal de Santa Maria/UFSM
Palavras-chave: Bolsa família, COREDEs, FIRJAN

Resumo

O presente estudo tem por objetivo verificar a relação dos recursos do Programa Bolsa Família com o Índice FIRJAN de Desenvolvimento Municipal dos municípios que compõem o COREDE Sul e COREDE Médio e Alto Uruguai nos anos de 2013 a 2016. Para tal, foram levantados dados bibliográficos sobre o Programa nos sites do MDS e IBGE e os índices de desenvolvimento no site do FIRJAN. Os dados foram tabulados e para validar a hipótese deste estudo foi utilizado o método de correlação de Spearman. Como principal achado do estudo destaca-se a correlação positiva moderada no COREDE Sul no IFDM Geral e na variável Emprego e Renda, já o CODEMAU não apresentou relevância estatística significativa para validar a hipótese. Também verificou-se que o COREDE Sul possui menor IFDM e maiores repasses do PBF reforçando a política do programa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Katiane Fréu, Universidade Estadual do Rio Grande do Sul/UERGS

Nutricionista. Atualmente trabalha como servidora pública na Secretaria de Saúde da Prefeitura Municipal de Frederico Westphalen/RS. Possui experiência em nutrição hospitalar, Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae) e Saúde Pública.

Claudia Cristina Wesendonck, Universidade Estadual do Rio Grande do Sul/UERGS

Bacharel em Administração: Habilitação em Comércio Exterior pela FAI – Faculdades de Itapiranga; Especialista em Docência no Ensino Superior pela URI/FW; Mestre em Desenvolvimento pela Universidade do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul – Ijuí/RS; Doutora em Desenvolvimento Regional e Agronegócios pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná – Toledo/PR; Professora Adjunta do Curso de Administração Pública da UERGS, campus Frederico Westphalen.

Lorimar Francisco Munaretto, Universidade Federal de Santa Maria/UFSM

Bacharel em Ciências Contábeis pela Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões; Especialista em Planejamento Tributário pela Universidade Federal de Santa Catarina; Mestre em Administração pela Universidade Federal de Santa Catarina; Doutor em Administração pela Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo; Professor adjunto da Universidade Federal de Santa Maria, campus Frederico Wesphalen/RS

Publicado
2019-12-26
Como Citar
FRÉU, K.; WESENDONCK, C. C.; MUNARETTO, L. F. A RELAÇÃO ENTRE PBF E IFDM EM DOIS COREDE’s DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL NOS ANOS DE 2013 A 2016. Revista Ambiente: Gestão e Desenvolvimento, v. 12, n. 3, p. 158-175, 26 dez. 2019.
Seção
Ciências Socialmente Aplicadas