ALFABETIZAÇÃO ECOLÓGICA NA AMAZÔNIA: UMA SEQUÊNCIA DE ENSINO POR INVESTIGAÇÃO

Autores

  • Caroline dos Santos Vontobel, Patrícia Macedo de Castro, Andreia Silva Flores

Palavras-chave:

Alfabetização Ecológica. Ensino de Ciências por Investigação. Sequência de Ensino por Investigação. Capra. Ecologia

Resumo

Uma Alfabetização Ecológica pode fornecer aos estudantes os conhecimentos e competências necessários para debater a solução de questões ambientais de forma integrada. O objetivo foi analisar o processo de aprendizagem de conteúdos de Ecologia na perspectiva da Alfabetização Ecológica (AE) de Capra. Trata-se de uma pesquisa com abordagem qualitativa, descritiva com características de observação participante que utilizou técnicas de observação, mapas mentais e produção de textos, que foi desenvolvida no período de fevereiro a julho de 2019. Os dados foram analisados por meio da percepção ambiental dos estudantes investigados nos mapas mentais iniciais e finais e pelos indicadores de AE ancorados nos princípios de Capra identificados nos textos produzidos, sustentando-se na formação do sujeito ecológico. Nos textos e mapas mentais finais foi observado um aumento significativo no vocabulário científico e uma mudança na percepção ambiental. As analises indicam que uma sequência que utilize o ensino de Ciências por Investigação, contemplando os espaços não formais de ensino e atividades de divulgação científica nas feiras de ciências da escola e na feira estadual, são meios auxiliares importantes para dialogar com as outras atividades de sala de aula. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Arquivos adicionais

Publicado

12/27/2020

Como Citar

Caroline dos Santos Vontobel, Patrícia Macedo de Castro, Andreia Silva Flores. ALFABETIZAÇÃO ECOLÓGICA NA AMAZÔNIA: UMA SEQUÊNCIA DE ENSINO POR INVESTIGAÇÃO. Boletim do Museu Integrado de Roraima (Online), Brasil, v. 13, n. 01, p. 104–122, 2020. Disponível em: https://periodicos.uerr.edu.br/index.php/bolmirr/article/view/886. Acesso em: 24 jun. 2021.

Edição

Seção

Ensino: seção especial do Mestrado Profissional em Ensino de Ciências